Vacinação de idosos acima de 80 anos em Casimiro começa nesta sexta

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on telegram
Share on twitter
Share on email
Share on linkedin
Share on print

 

 

 

“Quando a vacinação dos idosos começa?”.  A dúvida mais frequente do casimirense nas redes sociais foi dissipada na quarta-feira 10 pela coordenadora municipal de imunização, Magna Miranda. A vacinação aos idosos começa em todo o Município nesta sexta-feira 12, a partir das 7h da manhã.

O primeiro grupo de imunizados será a faixa etária a partir de 80 anos. Em seguida os de 75 a 79 anos; 70 a 74; 65 a 69 e por último, 60 a 64. Somente a faixa a partir dos 75 anos será vacinada em domicílio. Os demais serão imunizados nas Unidades Básicas de Saúde por todo o Município.

“Nossa estimativa de vacinação é em cima do cadastro da Atenção Básica. Não temos como prever, por exemplo, o idoso que está de passagem, visitando a família.

No entanto, aquele que se mudou para Casimiro, há pouco tempo, e que não teve tempo de se cadastrar, será vacinado”, explicou Magna.

A coordenadora ressalta, porém, que o trabalho de imunização nessas faixas etárias somente avança, à medida que o Município receber novos aportes de doses da Coordenadoria Estadual de Saúde.

A vacinação será feita em casa, por meio de equipes da Atenção Básica de Saúde. O idoso não poderá ser imunizado em via pública (rua), tampouco no portão de sua residência. Além disso, a vacina terá que ser preparada no domicílio do vacinado. Outro item importante: ele terá que demonstrar por documento a sua idade.

Os agentes encarregados de fazer a imunização: enfermeiro, técnico de enfermagem, agente comunitário e motorista estarão com Equipamentos de Proteção Individual, porém o uso de luvas é dispensável.

As doses estarão em uma caixa-térmica, cuja temperatura interna será mantida rigorosamente entre 2º e 8º Célsius.

O atendimento será feito por microrregião. O trabalho em uma localidade só começa, quando outro for encerrado.

Na quinta-feira 11, Casimiro de Abreu recebeu 340 doses da vacina Coronavac enviadas pela Secretaria Estadual de Saúde.

O quantitativo de vacinas – referentes à 1ª dose –  é disponibilizado aos municípios por meio de uma planilha enviada pelo Ministério da Saúde (MS).

De acordo com a Secretaria de Saúde, que se guia pelo Plano Nacional de Imunização do MS, idosos e profissionais de saúde estão no grupo de maior risco e vulnerabilidade.

O MS alerta que no caso de não haver vacinas suficientes para atender todos os grupos, deve-se priorizar aqueles em maior risco e vulnerabilidade. Caso dos profissionais de saúde que atuam diretamente no combate à Covid e os idosos.

 

 

 

 

Pesquisar

Categorias

Notícias por Mês

Escolha o mês

Publicidade

No data was found