Técnicos da Prefeitura participam de curso para nivelamento de conhecimentos

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on telegram
Share on twitter
Share on email
Share on linkedin
Share on print

Técnicos das Secretarias de Meio Ambiente, Agricultura e Pesca e da Guarda Ambiental de Casimiro de Abreu participaram do Dia de Nivelamento Técnico em Análise Integrada da Paisagem, nesta quinta-feira,
no Sítio Agrícola, em Casimiro de Abreu. A capacitação foi voltada para os profissionais da Prefeitura que atuam no Programa Conservador de Águas, e em outros processos de extensão rural e gestão ambiental territorial no município.

Durante a abertura, o Secretário de Meio Ambiente, Alex Maurino, ressaltou a importância da cooperação entre as instituições nas ações de planejamento e gestão ambiental de territórios, com vistas ao desenvolvimento sustentável do município.

Os técnicos acompanharam a palestra do analista ambiental do Inea, Magno Grativol, da Superintendência do Inea em Macaé, sobre as Áreas de preservação permanente, de uso restrito e de reserva legal e seus aspectos legais, além da importância da realização do Cadastro Ambiental Rural, instrumento que tem por finalidade integrar as informações ambientais das propriedades e posses rurais.

O biólogo da Secretaria de Meio Ambiente, Maurício Porto, ressaltou o uso de geotecnologias como ferramentas no mapeamento integrado e análise da paisagem, visando a adequação ambiental de propriedades rurais e o planejamento territorial rural.

O analista ambiental e chefe da Reserva Biológica Poço das Antas, Gustavo Luna, falou sobre a interseção das áreas produtivas municipais com as Unidades de Conservação Federais (Rebio Poço das Antas, Rebio União e APA da Bacia do Rio São João), os aspectos legais do uso do solo e da água previstos nos respectivos Planos de Manejo das unidades, assim como as normas para as atividades que podem ser desenvolvidas na APA da Bacia do São João e na Zona de Amortecimento da Rebio Poço das Antas, tais como o parcelamento do solo, o uso de agrotóxicos, dentre outras regulamentações previstas nos Planos de Manejo das unidades.

Fechando o ciclo de palestras, o engenheiro agrônomo da Secretaria de Meio Ambiente, Thiago Michellini, explicou a metodologia para a elaboração do diagnóstico participativo e a avaliação do nível de boas práticas de uso do solo e da água nas propriedades rurais, com vistas a sua adequação ambiental e produtiva, e da importância de projetos de incentivo voltados aos pequenos produtores rurais, dentre eles o Programa Conservadores de Água.

Pesquisar

Categorias

Notícias por Mês

Escolha o mês

Publicidade

No data was found