Setembro Amarelo chega ao Bairro Industrial

Campanha de prevenção ao suicidio foi discutida com moradores na Praça Maria da Costa
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on telegram
Share on twitter
Share on email
Share on linkedin
Share on print

Valorizar a vida, por meio de pequenas ações como um sorriso, uma abraço e um bate-papo são formas essenciais para se prevenir um mal silencioso, mas que afeta o Brasil e o mundo: o sucídio. Com esta preocupação, a Secretaria Municipal de Casimiro de Abreu vem levando a Campanha Setembro Amarelo à população, por meio de ações em suas Unidades Básicas de Saúde. 

Na manhã desta quarta-feira, dia 21, uma série de ações coordenadas pelo Atenção Básica com apoio da UBS Antônio Anésio Marchon chegou à Praça Maria da Costa, no Bairro Industrial. 

Além de auferir pressão e glicose, os moradores participaram de uma roda de conversas com a enfermeira Mahana Scarpini e as psicólogas Jô Almeida (CRAS) e Isabella de Souza Fernandes (NASF). Em pauta: a importância de falar sobre a valorização da vida como a melhor forma de se prevenir males como a depressão e consequentemente o suicídio. 

“A troca de experiências entre as pessoas, a interação com familiares, amigos e o ambiente de trabalho é muito importante”, disse Mahana. 

Nesse sentido, Jô Almeida diz que ações preventivas são vitais  “Antes de falarmos das consequências temos que falar das ações preventivas  como a valorização da autoestima, a busca por serviços de psicologia e psiquiatria”, disse a psicóloga. 

Em Casimiro de Abreu, há uma série de programas de acolhimento como o Serviço de Convivência e Fortalecimentos de Vínculos e oficinas, disponibilizadas pelo CRAS – Centro de Referencia e Assistência Social. 

Todavia, no caso de sintomas de depressão é preciso que a pessoa busque a sua Unidade Básica de Saúde para posterior encaminhamento com especialistas. 

Galeria de Fotos

Pesquisar

Categorias

Notícias por Mês

Escolha o mês

Publicidade

No data was found