Secretaria de Saúde orienta que idosos só devem ir aos postos para vacinação depois de avisados pelo agente comunitário

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on telegram
Share on twitter
Share on email
Share on linkedin
Share on print

“Minha mãe tem 75 anos, mas disseram pra ela que não é dia para ela ser vacinada”. “Fui ao posto e disseram que eu teria que voltar em outro dia”. “Não tem vacina no posto, tenho um pai de 79 anos que ainda não recebeu a primeira dose”. Reclamações como essas abundam as redes sociais da Prefeitura e encontram eco nas ruas de Casimiro de Abreu.

Por isso, com o objetivo de  evitar aglomerações nos postos de saúde, a Coordenadoria Municipal de Imunização, por meio de agentes comunitários,  tem colocado avisos nas casas, avisando a data e a hora em que a pessoa terá que comparecer ao Posto de Saúde onde é cadastrada para se imunizar.

Feito isso, no dia seguinte,  os postos são abertos para vacinar somente as pessoas que foram avisadas. Esses idosos são imunizados  por microáreas. As microáreas funcionam como um espaço, um grupamento de ruas dentro de um bairro que é servido por um Posto de Saúde. Depois de vacinar determinado local (a microárea), os agentes partem para outro e assim sucessivamente até que toda a região seja alcançada. Dessa forma, toda a localidade será vacinada

No entanto, algumas pessoas ao saber que determinado local está vacinando, dirigem-se aos postos sem estar confirmada a sua vacinação. O que pode gerar, desnecessariamente, confusão. A Secretaria de Saúde pede que o idoso do grupo de 75 a 79 anos somente vá ao Posto de Saúde se for avisado por um agente comunitário.

Nesta quinta-feira, o Município recebe mais uma remessa de doses enviadas pela Secretaria Estadual de saúde.  A previsão é que todo o grupo de 75 a 79 anos seja imunizado com a primeira dose e ainda tenha  vacinas para contemplar o grupo de pessoas acima de 80 anos.

Desde o início da campanha, em janeiro, a estratégia da Secretaria de Saúde é imunizar os grupos prioritários: profissionais de saúde e idosos em ordem decrescente de idade. Primeiro o grupo a partir de 80 anos, em seus lares. Em seguida: 75 a 79, 70 a 74, 65 a 69 e 60 a 64 anos, nos postos de saúde onde são cadastrados.

A coordenadora de imunização, Magna Miranda, esclarece que os idosos de 80 anos que ainda não receberam a segunda dose serão imunizados em seus domicílios na próxima sexta-feira (26/3). A coordenadora avisa que os profissionais de saúde que tomaram a primeira dose a cerca de 30 dias ou mais  devem procurar o Centro de Referências e Especialidades Médicas Dr. Manoel Marques (atrás da Prefeitura) ou a Unidade Básica de Saúde Oswaldo Ramos em Barra de São João.

A mesma coisa  deve ocorrer com aquele idoso com menos de 75 anos que foi imunizado com a primeira dose. “Ele também deverá ir ao CREM de Casimiro ou a UBS Oswaldo Ramos para receber a segunda dose”, finalizou Magna.

 

 

 

Pesquisar

Categorias

Notícias por Mês

Escolha o mês

Publicidade

No data was found