Saúde promove ação de conscientização sobre a Hanseníase

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on telegram
Share on twitter
Share on email
Share on linkedin
Share on print

Uma doença que compromete a pele, os nervos, a força e a sensibilidade cujo nome era sinônimo de maldição na antiguidade. Assim era a lepra, hoje conhecida por Hanseníase. Diferente de milênios atrás, a doença tem tratamento, rápido diagnostico e pode ser facilmente monitorada. Por conta disso, equipes da Atenção Básica Municipal em parceria com o Programa de Hanseníase saíram às ruas de Casimiro de Abreu nesta quinta-feira, dia 5, percorrendo comércios com o objetivo de conscientizar as pessoas. 

Houve distribuição de folhes explicativos e orientações individuais para os pacientes que aguardavam atendimento nas Unidades Básicas de Saúde. A ação coincidiu com o Dia Estadual de Conscientização e Combate à hanseníase. 

Formas de transmissão 

 A hanseníase é transmitida de pessoa para pessoa por secreções das vias respiratórias (nariz e boca). Também pode ser contraída por meio de convívio prolongado com um doente sem tratamento. A doença evolui lentamente: após o contágio, os sintomas podem levar de dois a 10 anos para se manifestar.  . 

Assim que iniciada a primeira dose do medicamento, o tratamento interrompe a cadeia de transmissão da doença. O processo leva de seis meses a um ano, mas os pacientes podem conviver normalmente com sua família, seus colegas de trabalho e amigos, sem nenhuma restrição. 

Pesquisar

Categorias

Notícias por Mês

Escolha o mês

Publicidade

No data was found