Saúde começa a zerar fila por exames de oftalmologia

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on telegram
Share on twitter
Share on email
Share on linkedin
Share on print

Os problemas causados pela pandemia de Covid-19 atrapalharam, mas  aos poucos a fila de espera por exames de oftalmologia  começa a ser zerada em Casimiro de Abreu.  Em menos de uma semana , 129 exames de oftalmologia foram realizados pela Secretaria Municipal. Isso somente foi possível com o convênio entre o Município e o Instituto de Olhos dos Lagos,  sacramentado em maio, com a instalação de uma sala  no CREM Manoel Marques Monteiro, na Sede. No CREM são oferecidos 16 tipos dos mais variados exames que permitirão, entre outros,  o diagnóstico de glaucoma, catarata, retinopatia diabética e demais distúrbios da visão,   além de realizar o acompanhamento dessas comorbidades, facilitando seu controle por especialistas na área .  Já foram realizados os seguintes exames:

Campimetria computadorizada (relacionada à visão periférica) : 36

Curva Diária (medição de pressão intraocular) :  2

Paquimetria Ultrassônica  ( medição da espessura da córnea) : 28

Potencial de Acuidade Visual ( avalia o potencial de visão do paciente. É realizado, principalmente, em pessoas que irão submeter-se à cirurgia de catarata) : 25

Retinografia Colorida Binocular (O exame de Retinografia serve para fazer o mapeamento dos olhos e, com isso, diagnosticar e auxiliar no acompanhamento de problemas oculares como glaucoma, retinopatia diabética, diabetes mellitus, entre outros) : 13

Retinografia Fluorescente Finocular (exame oftalmológico que nos permite observar e fotografar a retina, o nervo ótico e o fundo do olho) :  1

Tomografia de Coerência Óptica ( exame não-invasivo que usa a luz para obter uma imagem transversal da retina e, portanto, avaliar as alterações da doença que está acometendo-a):  24

“Antes esses exames eram feitos  em  duas clínicas de Niterói, mas agora poderão ser feitos aqui em Casimiro. Por meio deles, vamos encurtar o tempo de espera do paciente em relação a cirurgias”, informou Juliana Santana, coordenadora de Controle e Avaliação da SMS.

Para isso, o paciente está sendo  comunicado, via telefone, pela Secretaria Municipal de Saúde (SMS),  que informará a data de comparecimento.  Até o início dos trabalhos do IOL,  458 pessoas estavam  na fila de espera  por exames, e outras 398, cirurgias.

 

 

 

Pesquisar

Categorias

Notícias por Mês

Escolha o mês

Publicidade

No data was found