Município adere a consórcio para compra de vacinas contra a Covid-19

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on telegram
Share on twitter
Share on email
Share on linkedin
Share on print

Casimiro de Abreu é mais um dos 694 municípios que aderiram ao consórcio para a compra de vacinas contra a Covid-19. A iniciativa foi lançada na segunda-feira (1) pela Frente Nacional de Prefeitos (FNP) . A adesão ao consórcio ocorre em meio ao avanço da doença no País e também no Estado do Rio.

Ao aderir a essa associação, o Município pode comprar as vacinas caso o Plano Nacional de Imunização (PNI), coordenado pelo Ministério da Saúde seja incapaz de suprir toda a demanda. Segundo a FNP, o consórcio não é para comprar imediatamente as doses, mas sim ter segurança jurídica caso o PNI não consiga suprir toda a população.

Estão sendo avaliadas formas de financiar a aquisição dos imunizantes. Há três possibilidades principais: recursos do governo federal; financiamento por organismos internacionais e doações de investidores privados brasileiros.

Para o secretário municipal de Planejamento, Tiago Camargo Lima, Casimiro tem muito a ganhar com a adesão. “Nossa expectativa é que a união dos municípios facilite a compra de mais vacinas e insumos. Juntos nosso poder de negociação barganha é muito maior”, observou o secretário.

O protocolo de intenções assinado por Ramon é o primeiro passo para que Casimiro de Abreu participe da iniciativa. Dentro do cronograma da FNP, o Município poderá enviar à Câmara de Vereadores um projeto de lei, que se aprovado, legitima a participação no consórcio.

Pesquisar

Categorias

Notícias por Mês

Escolha o mês

Publicidade

No data was found