Fila de Espera por consultas de ginecologia em postos começa a ser reduzida

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on telegram
Share on twitter
Share on email
Share on linkedin
Share on print
A pandemia de Covid-19 adiou consultas, retardou diagnósticos e deixou para trás o inicio de uma série de tratamentos no setor de ginecologia. Os problemas gerados com a demanda reprimida, no entanto, estão sendo solucionados em Casimiro de Abreu com o esforço concentrado da Secretaria Municipal de Saúde em zerar a fila de espera nos postos . Somente em maio, 280 pacientes foram atendidas.
 
Isso foi possível após a contratação de uma médica ginecologista para dar apoio aos postos de saúde. Dois ESFs: Centro e José Carlos Pinto, em Barra de São João, foram destacados para concentrar os trabalhos , realizados de forma alternada entre os postos.
 
“A importância da retomada desses trabalhos é enorme. Independentemente de qual fase da vida da mulher, ela deve sempre contar com um médico ginecologista para tratar das alterações do corpo, dar inicio a vida sexual de forma mais segura, planejar uma futura gestação ou passar pelo período da menopausa com mais tranquilidade”, informou Alex Roeles, coordenador de Atenção Básica.
 
As pacientes agendas nos ESFs, que aguardam na fila de espera, são orientadas por escrito ou por telefone a procurar o ESF Centro ou ESF José Carlos Pinto. As consultas são realizadas às quintas-feiras, alternadamente em Casimiro e Barra de São João.

 

 

 

Pesquisar

Categorias

Notícias por Mês

Escolha o mês

Publicidade

No data was found