Encontro de Guardas Municipais Femininas do Rio de Janeiro reúne cerca de 250 agentes em Barra de São João

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on telegram
Share on twitter
Share on email
Share on linkedin
Share on print

Com o tema “Mente Renovada, Mulher Empoderada”, Casimiro de Abreu foi sede do 4º Encontro de Guardas Municipais Femininas do Rio de Janeiro. Com a participação de 35 municípios presentes e cerca de 250 agentes, o evento foi realizado nesta sexta-feira (10), na Primeira Igreja Batista de Barra de São João.

O objetivo foi fortalecer e proporcionar a integração entre as instituições, além de promover a troca de experiências, tratando de temas importantes sobre a valorização e a participação feminina na segurança pública. O evento teve início em 2018, na Bahia e desde então se tornou uma referência para outros Estados. No Rio, o 1º foi em Niterói, também em 2018; seguido pela capital, em 2019. Já o 3º aconteceu em Araruama, em 2020.

A primeira dama, Ciléia Ximenes Gidalte, compareceu na cerimônia de abertura representando o prefeito Ramon Gidalte. Também marcaram presenças o deputado federal Jones Moura (PSD), os vereadores Wellington Santos e Fátima Canejo Francisco, além do secretário de Ordem Pública e Defesa Civil, Wellington Lima.

“É uma honra muito grande poder estar presente neste evento e acompanhar as mulheres sendo representadas atuando na Guarda Municipal em diferentes municípios e estados. A mulher fazer parte da segurança pública é um peso enorme e mostra que nós mulheres podemos frequentar qualquer lugar na sociedade”, disse Ciléia Gidalte.

Segundo o IBGE, em 2019, 21,3% dos municípios brasileiros informaram a existência de guarda municipal, sendo seu efetivo predominante masculino, com total aproximado de 84,4% de representatividade, enquanto que o efetivo feminino apresenta um total aproximado de 15,6% entre as corporações brasileiras.

Apesar do baixo percentual no feminino, o empoderamento tem sido sua forma de resistência e enfrentamento frente às questões vivenciadas pelas mulheres em seu cotidiano, o que fortalece os vínculos e reforça comportamentos em prol da sororidade. É nesse contexto que surgiu o encontro das guardas municipais femininas, tornando-se o evento de maior abrangência, em representatividade às mulheres atuantes na segurança pública de todo o País.

“Este momento é muito importante para troca de experiência, conhecimento e fortalecimento desse vínculo entre as mulheres. A presença da mulher na Segurança Pública a cada dia tem sido muito importante. Isso tem que ser multiplicado”, contou Wellington Lima.

 

Pesquisar

Categorias

Notícias por Mês

Escolha o mês

Publicidade

No data was found