É preciso falar sobre o câncer de mama e sua prevenção

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on telegram
Share on twitter
Share on email
Share on linkedin
Share on print

Casada, mãe de dois filhos, 39 anos, Luciana Medeiros é um exemplo vivo de perseverança e superação. Diagnosticada com câncer de mama, em maio de 2020, a funcionária do Hospital Ângela Maria Simões Menezes  personifica o Outubro Rosa em Casimiro de Abreu. Seu depoimento escrito à mão serviu de inspiração para dezenas de funcionárias do hospital presentes à abertura oficial da campanha, na manhã desta quinta-feira, dia 14.

 “Não vou romantizar o câncer. Há dias ruins, mas em todos os dias existe Deus nos fortalecendo. Cabe a cada um a responsabilidade do autocuidado. Esse é o meu caso. Falo do meu ‘diagnóstico’ e ‘tratamento’. Cada caso é único. Faço tratamento oncológico, mas esse momento não me define. Tenho uma história vivida antes e depois do câncer e continuarei vivendo após essa doença. Diagnóstico não define nada. Ele te ajuda a enxergar a vida por outro ângulo, de forma melhor. Deus sim, define tudo”. 

A fala de Luciana foi reforçada pelas autoridades médicas presentes no Hospital. O Secretário Municipal de Saúde, Ronaldo Steele, reforçou o pedido para que as mulheres, sobretudo as que têm 40 anos ou mais, façam os exames de mamografias disponibilizados no Município por todo o Outubro Rosa. “Antes eram feitas 25 mamografias mensais, chegaremos a quase 2 mil em outubro”, disse  o secretário, acrescentando ainda que mesmo em casos de diagnóstico positivo, a paciente será acompanhada até um mastologista. Ele também pediu que cada presente ao evento fizesse uso da propaganda boca-a-boca como um dos meios de divulgação do Outubro Rosa e a importância dos exames de mamografia e também preventivo do câncer de colo de útero. 

No mesmo tom falaram a ginecologista Eliana Rangel e Diogo Salles, oncologista e diretor técnico do Hospital. Ambos enfatizaram a importância do exame de toque da mama e consequentemente, as mamografias.   

A solenidade de abertura do Outubro Rosa no Hospital Municipal contou com exames de coleta de exames preventivos em funcionárias,  palestras e consultas. O tema escolhido foi “A prevenção pode mudar a sua vida”. O evento foi organizado pela Comissão de Educação Permanente  em parceria com o Programa Saúde da Mulher. 

Estiveram presentes a secretária municipal de Assistência Social, Karen Louzada, a diretora administrativa do Hospital Municipal, Adriana Sinhorelli, o presidente do Conselho Municipal de Saúde, Gerson Vieira, trabalhadores e servidores da área de saúde.

Pesquisar

Categorias

Notícias por Mês

Escolha o mês

Publicidade

No data was found