CEREST promove ações de saúde para trabalhadores de estrada

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on telegram
Share on twitter
Share on email
Share on linkedin
Share on print

Para Erisvaldo Souza da Silva, 39 anos, medir a pressão arterial ou aferir os índices de açúcar no sangue são coisas tão distantes  para ele quanto  Casimiro de Abreu é de Itamaraju,  sua cidade natal no Sul da Bahia.  De passagem pela Terra do Poeta, onde parou seu caminhão para descansar, ele foi um entre dezenas de profissionais da estrada  que foram atendidos na manhã desta sexta-feira, 20,  pelo Centro de Referência em Trabalho (CEREST)  no Km 206 da BR-101.

A ação faz parte da Campanha “Maio Amarelo”,  do  Serviço Social do Transporte e Serviço  Nacional de Aprendizagem do Transporte  (SEST/SENAT), em parceria com o CEREST. Os  caminhoneiros e demais trabalhadores de estrada também  receberam noções de higiene bucal, dadas pelo Centro de Especialidades Odontológicas de Casimiro,   e fizeram testes rápidos para HIV em tendas montadas com esta finalidade. “É uma ação muito boa. Com certeza vou me cuidar mais”, disse Erisvaldo.

Ao lado dele, José Carlos Prata, 60, e 35 anos de experiência, era só elogios aos profissionais “É muito importante isso. O caminhoneiro não tem tempo para nada. Nosso tempo é na estrada. Deveria ter mais ações como essa em outros lugares”,  disse. De acordo com a estagiária em  técnica de enfermagem do CEREST, Susana Jandre,  o perfil do profissional de estrada é típico: “em sua maioria são obesos, são sedentários e sofrem de pressão alta”.

Após o atendimento, eles receberam Kits de saúde bucal, preservativos, álcool em gel, material informativo sobre cuidados com a saúde.

 

 

 

 

 

Pesquisar

Categorias

Notícias por Mês

Escolha o mês

Publicidade

No data was found