Casimiro de Abreu adere ao Estado Presente para obras no município

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on telegram
Share on twitter
Share on email
Share on linkedin
Share on print

O prefeito de Casimiro de Abreu, Ramon Gidalte, assinou na tarde desta quarta-feira (17), no Rio de Janeiro, o Termo de Cooperação Técnica ao Programa Estado Presente. A assinatura garante obras de infraestrutura do Governo do Estado, por meio da Secretaria das Cidades, entre as intervenções contempladas está a obra de recuperação e de pavimentação da Estrada Velha de Rio Dourado, no distrito de Barra de São João.

Segundo Ramon Gidalte, esta obra atenderá um grande anseio da população do segundo distrito de Casimiro de Abreu.

“É um ponta pé inicial de muitas coisas boas que estão por vir, com grandes investimentos para mudar a realidade da população, gerando a qualidade de vida que o nosso povo tanto merece. Minha expectativa é que até o início do próximo ano a obra seja iniciada. A licitação deverá ocorrer num prazo de 30 a 45 dias”, comentou o prefeito.

Ele destacou ainda que o município sozinho não teria condições de realizar esse tipo de intervenção, mas a assinatura do termo reforça o compromisso do governador Cláudio Castro em dar atenção aos municípios fluminenses.

De acordo com o secretário das Cidades, Uruan Andrade, a celeridade que será dada aos procedimentos para que o mais breve possível a obra seja licitada e esteja em execução para atender à população.

“Atender ao cidadão é o mais importante. Trata-se de uma obra tão sonhada e tão necessária à Barra de São João, que em breve estará acontecendo na cidade, junto a tantas outras do Governo do Estado, sem tempo a perder”, disse.

O prefeito Ramon Gidalte esteve na sede da Secretaria de Estado das Cidades acompanhado do secretário de Obras, Habitação e Serviços Públicos, Marinaldo Júnior.

Sobre o Programa Estado Presente

O Programa Estado Presente é um conjunto de ações do Governo do Estado que promovem melhoria da infraestrutura regional e municipal, com consequente impacto na qualidade de vida e bem-estar da população fluminense.

Foi instituído por meio do Decreto 47.554 de 31 de março de 2021. A sua execução, bem como a articulação junto a outras secretarias estaduais, é de responsabilidade da Secretaria de Estado das Cidades.

Para aderir, cabe à prefeitura apresentar justificativa para as demandas em seu território, observando ao interesse federativo comum e o incentivo à execução de serviços essenciais, que contribuam com o desenvolvimento integrado do Estado do Rio de Janeiro.

Pesquisar

Categorias

Notícias por Mês

Escolha o mês

Publicidade

No data was found