Casimiro comemora Dia Nacional de Luta Antimanicomial nesta quinta

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on telegram
Share on twitter
Share on email
Share on linkedin
Share on print

Colocar em um hospício pessoas com transtornos mentais  era a única solução para milhares de famílias  brasileiras até 20 anos atrás. Tratamento inadequados, encarceramento, abandono predominavam nesses locais. Felizmente essa brutalidade faz parte do passado e o dia 18 de maio marca a Data do Dia Nacional de Luta Antimanicomial. Em Casimiro de Abreu uma extensa programação foi elaborada pela Secretaria Municipal de Saúde, por meio do Centro de Atenção Psicossocial CAPS).

O Evento terá sua abertura às 9h da manhã no Cine Teatro Meus Oitos Anos, no Centro. Também haverá apresentação de capoeira, teatro e do filme “Nise: o coração da loucura”. A programação será  encerrada com uma panfletagem na Praça Feliciano Sodré.

A importância da data – Um dos principais objetivos da luta antimanicomial é garantir que pessoas com transtornos mentais ou vivenciando sofrimento psicológico tenham os seus direitos respeitados pela sociedade  e sejam tratadas de forma digna. Dentro dessa luta vários esforços vêm sendo feitos nas últimas décadas para promover uma mudança cultural no modo como as pessoas enxergam os distúrbios mentais e também mudanças na prática de assistência a quem esteja vivenciando sofrimento psicológico.

Em culturas como a nossa, pessoas que passam por sofrimentos graves ou que se comportem de modo “diferente” do que é esperado podem ser tachadas de loucas e sofrem discriminação e diferentes formas de violência. Por muito tempo e até hoje, essas pessoas foram parar em manicômios , também conhecidos como hospitais psiquiátricos ou hospícios, locais que supostamente iam ajudá-la, mas na maioria das vezes pioravam a situação. Por conta disso, foi criado o Dia Nacional de Luta Antimanicomial.

Pesquisar

Categorias

Notícias por Mês

Escolha o mês

Publicidade

No data was found