Apoimune: parceria com o Município começa a frutificar

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on telegram
Share on twitter
Share on email
Share on linkedin
Share on print

Em funcionamento desde junho deste ano, a Associação de Pessoas com Doenças Autoimunes e Crônicas (Apoimune-CA) começa a colher seus primeiros frutos. O número de associados, subiu de 71 e já ultrapassa 100. Uma vitória comemorada para sua diretora, Ana Débora Fraga.

Portadora de Lúpus, Ana Debora tem conhecimento de sobra para saber que o tratamento adequado é a melhor forma de se conviver não só com o Lúpus, mas também com outras doenças autoimunes. Por isso, a Apoimune tem se esforçado em promover uma medicina integrativa que agregue as especialidades psiquiatria, psicologia, assistência social, reumatologia, dermatologia, nutrição, massoterapia, entre outras. “Reumatologia e dermatologia ainda não temos. Já em setembro, deveremos contar com um psiquiatra. É preciso enfatizar que a pessoa com uma doença autoimune pode viver bem, sendo tratada com cuidado, sendo respeitada e cuidando de seu emocional”, observou.

As dificuldades enfrentadas pela Associação como a falta de uma sede, e mesmo carência financeira, em nada impede o trabalho de abnegados que, saem pelas ruas de Casimiro à procura de portadores de doenças autoimunes. Muitos deles, segundo a diretora, “escondidos” em suas casas por não aceitarem a doença, ou por não poder se locomover.

“Sobre a sede, o prefeito Ramon se comprometeu cedendo um um espaço, que já pertenceu aos Alcoólicos Anônimos, ao lado do DPO da cidade. Nossa principal fonte de arrecadação tem sido a doação de verbas por parte das pessoas que conhecem o nosso trabalho. Para 2023, parte dos nossos recursos serão subvencionados pelo Município. Estou otimista”, disse.

Ana Debora esclarece que uma pessoa que desconfie ou mesmo tenha uma doença autoimune deve primeiro ter um diagnóstico ou estar em via de obter esse esse diagnóstico, e assim procurar a Associação. Sobre a parceria com o Governo Municipal nada a reclamar. O apoio, sobretudo da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), tem facilitado em muito o trabalho .

O Hospital Municipal é um exemplo. Ali, os pacientes que precisam de serviços com urgência têm recebido um acolhimento diferenciado.

“Conseguimos com a SMS e com a direção do Hospital esse espaço. É um grande avanço porque o paciente com doença autoimune não pode esperar atendimento devido a inúmeras debilidades a que são acometidos, correndo risco de morte se o atendimento não for feito corretamente”, explicou.

Os objetivos da Apoimune é atender todo o Município e Barra de São João não pode ficar de fora. Recentemente visitas foram feitas a o 2º Distrito, onde se verificou grande quantidade de pessoas com doenças autoimunes.

Para mais informações sobre doenças autoimunes e o trabalho da Apoimune (CA) o telefone é (22) 2778 – 3959 e (22) 9979 7925. A Associação fica na Rua Franklin José dos Santos, Centro. Ao lado da Secretaria Municipal de Saúde.

Pesquisar

Categorias

Notícias por Mês

Escolha o mês

Publicidade

No data was found