Acolhendo com conhecimento e amor

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on telegram
Share on twitter
Share on email
Share on linkedin
Share on print

TEAcolho
TEAlegro
TEAbraço
TEApoio
TEAmo

A Secretaria Municipal de Saúde por meio do Núcleo de Atenção de Saúde da Família- NASF, realizou na última quarta-feira, dia 20, uma palestra especial para diversos profissionais de saúde: atendimento do usuário com Transtorno do Espectro Autista (TEA).

Profissionais de diversos setores participaram da palestra: CREM, Farmácia Central, Centro de Especialidades Odontológicas -CEO, Unidades Básicas de Saúde, Setor de Transporte da Secretaria de Saúde, CAPS…

A palestra foi uma oportunidade para que os profissionais pudessem aprimorar seus conhecimentos e tivessem a oportunidade de se aprofundarem no universo das pessoas com TEA. Essa ação auxilia na prática de um acolhimento mais humanizado por parte daqueles que prestam os serviços públicos de saúde.

“A gente precisa acolher sem julgamentos. Não só as crianças com autismo ou qualquer outro transtorno, mas também as mães.” disse a fonoaudióloga Renata.

É hora de aprender!
5 dicas que podem ajudar a cessar uma crise de uma pessoa com autismo nas UBS e que podem ser utilizadas em qualquer lugar:

1. Não fale alto ou grite, mantenha a calma.
2. Seja paciente.
3. Apoie e se coloque na mesma altura que o autista.
4. Forneça espaço apropriado sempre que necessário e só as toque caso tenha permissão para isso.
5. Valide os sentimentos. Envergonhar o autista ou seus familiares pelas crises é uma falta de respeito. Demonstre apoio.

A palestra também abordou as Leis que garantem os direitos às pessoas com TEA, as formas de identificação ou formas de sinalização das pessoas com transtornos visualmente ocultos. No final, cada participante recebeu um certificado.

O NASF é formado por uma equipe multidisciplinar, composta por Eliana Silva de Carvalho (assistente social e coordenadora), Renata Ferreira (fonoaudióloga), Isabella de Souza e Caroline de Andrade Sales (psicólogas), Rhaíssa Rocha (nutricionista), Laerti Rodrigues (psiquiatra) e Juliana Lima (acadêmica de Direito) .

Pesquisar

Categorias

Notícias por Mês

Escolha o mês

Publicidade

No data was found