Moradores e poder público discutem ações de segurança para o Carnaval em Barra de São João
Participaram da reunião o comandante da Polícia Militar e Guarda Municipal de Casimiro de Abreu

Moradores de Barra de São João se reuniram na noite de quarta-feira, dia 8, com representantes da Prefeitura de Casimiro de Abreu e da Polícia Militar para discutir soluções e propostas que garantam um Carnaval com mais segurança e organização no distrito.

De acordo com estimativas do poder público, cerca de 40 mil pessoas são esperadas em Barra de São João diariamente durante o Carnaval. Para garantir a segurança desses turistas e dos moradores, a Polícia Militar e a Guarda Municipal vão intensificar as operações que já vêm ocorrendo desde o início do verão.

Além do fechamento das ruas, a Guarda Municipal vai manter a operação com os cães do Canil Municipal nos principais pontos turísticos do município e também as rondas de bicicleta. A PM vai intensificar as blitzes na ponte, o polibike, que vem aumentando a sensação de segurança da população. “Vamos coibir os estacionamento irregulares, o uso de churrasqueiras, tanto na Prainha quanto na Beira-Rio. Será proibida a entrada e a comercialização de garrafas de vidro, e o horário de carga e descarga terá que ser respeitado em toda a orla”, ressaltou o comandante da GM, Ribeiro.

O comandante da 4ª Cia da Polícia Milirar, Tenente Cristiano, garantiu que não vai permitir desordem e perturbação do sossego, bem como abusos no volume do som. “Vamos seguir a programação oficial da Prefeitura. O desfile dos blocos poderá acontecer até a meia-noite. Os quiosques funcionarão normalmente sem execução de música alta e sem exceder no horário. Os carros de som serão proibidos, sob pena de apreensão do veículo e multa”, garantiu.

O encontro foi organizado pelo grupo Barra Mais Segura, que surgiu nas redes sociais e que está desempenhando um papel importante em prol da segurança no distrito. Estiveram presentes na reunião os vereadores Alex Neves, Bitó, Neném da Barbearia e Lelei da Marmoraria.