Pesquisa revela baixos índices de violência em Casimiro de Abreu
Bons resultados estão relacionados aos investimentos em segurança pública

O secretário de Segurança Pública, Sérgio Moizinho, esteve na 121ª Delegacia de Polícia para verificar a redução dos índices de criminalidade. Foto Secom

O município de Casimiro de Abreu, de fato, está mais seguro! Os investimentos da Prefeitura já mostram resultados. Uma pesquisa do Instituto de Segurança Pública do Rio de Janeiro (Isp), divulgada esta semana, destacou que no primeiro semestre de 2019 (janeiro a junho), os índices de violência no município, despencaram em relação ao mesmo período do ano passado:

REDUÇÃO DA CRIMINALIDADE

Roubos de rua 51%

Homicídio doloso 33%

Roubo de veículo 9%

Em março deste ano, a Prefeitura deu um passo importante para alcançar esses resultados positivos. Foram inauguradas as duas Centrais de Monitoramento, uma em Casimiro e outra em Barra de São João. As imagens, prontamente disponibilizadas às polícias civil, auxiliaram em várias operações, conseguindo evitar o furto à agência do Banco do Brasil de Casimiro de Abreu.

Em novembro de 2018, a Prefeitura, por meio da Secretaria de Ordem Pública e Defesa Civil, retornou com o Programa Estadual de Integração na Segurança (Proeis), que permite o trabalho de policiais militares em seus dias de folga, atuando junto à Guarda Municipal. São 90 policiais por mês reforçando o trabalho das rondas.

“Trabalhamos diariamente buscando bons resultados. Além do Proeis, a guarda está atuando com 7 veículos novos desde abril deste ano. No início deste mês, entregamos também novos uniformes, que identificam e organizam nossa equipe”, destacou o secretário de Ordem Pública e Defesa Civil, Sérgio Moizinho, satisfeito com os resultados alcançados.

De acordo com o inspetor chefe do setor de Inteligência da 121ª Delegacia de Polícia de Casimiro de Abreu, Adriano Moreira, a parceria e o bom relacionamento entre a Prefeitura e as polícias Civil e Militar reforça a queda nos índices, somado ao monitoramento por câmeras, ao trabalho de rondas e outros serviços da administração pública.