Casimiro recebe 1º Encontro de Agroecologia da Região Serramar
Evento contará com palestras, atividades culturais e feira de produtos locais

Lá na década de 80, os Titãs já disseram que ‘família janta junto todo dia, nunca perde essa mania’, mas será que todos sabem que tipo de comida está na mesa? É com esse intuito de alertar e informar que nos dias 27 a 29 de abril acontecerá, na praça Feliciano Sodré, em Casimiro de Abreu, o 1º Encontro de Agroecologia da Região Serramar.

Com o tema “Tem Veneno na sua Comida?”, os participantes terão a oportunidade de dialogar e refletir com os agricultores familiares, camponeses, trabalhadores rurais, técnicos e pesquisadores sobre o modelo agrícola dominante baseado no agronegócio e suas implicações agrárias para a saúde humana e o Meio Ambiente.

De acordo com os organizadores, o evento acontece em um momento importante de diálogo com a sociedade. “No Congresso Nacional, há dois projetos de lei que requerem atenção popular. Um deles é o PL 6299/2002, conhecido como Pacote do Veneno, pois altera o marco regulatório de agrotóxicos no País – a Lei federal 7802 de 1989 – e promove maior flexibilização e permissibilidade no processo de liberação de registros de agrotóxicos, com a aprovação de uso de agrotóxicos que já foram, inclusive, banidos em outros países devido às danosas consequências para a saúde humana e ambiental. E o outro é o PL 6670/2016, que trata da formulação de uma Política Nacional para redução de agrotóxicos, a partir de uma atuação mais eficaz dos órgãos de controle da saúde humana e ambiental”, alertaram.

Nos dois primeiros dias do Encontro, 27 e 28, a programação abrange apresentações culturais, atividades infantis e debates em formato de aula pública sobre a conjuntura nacional do uso de agrotóxicos no Brasil, além de oficinas e rodas de conversas.

Na Feira Agroecológica, os visitantes poderão conhecer a diversificada produção de Casimiro de Abreu e das redondezas, comprando diretamente dos agricultores produtos in natura sem veneno, chopp artesanal, entre outras delícias da região. Cozinhas coletivas fornecerão os almoços agroecológicos.

Já o último dia do Encontro, 29, será destinado para planejamento de ações futuras na luta pela valorização de políticas publicas para a produção de alimentos saudáveis. “É um espaço que toda a população deve se sentir sensibilizada e convidada a participar e ajudar a construir”, sentenciaram os organizadores.

O encontro é promovido pela Fiocruz em parceria com a Campanha Permanente contra os Agrotóxicos e pela Vida, o Inca, a Articulação de Agroecologia da Região Serramar, a prefeitura de Casimiro de Abreu, entre outras instituições e organizações.