Prefeito dialoga com profissionais da educação

O prefeito de Casimiro de Abreu, Paulo Dames, recebeu em seu gabinete na Prefeitura, representantes do Sindicato dos Profissionais da Educação (Sepe) e das categorias merendeiras, auxiliares de serviços gerais, agentes e auxiliares de creches, na manhã desta quarta-feira, dia 30. Em conversa com a categoria, Paulo Dames atendeu as novas reivindicações: abono das faltas do dia 23 de maio, quando o grupo fez uma paralisação; e antecipação de uma reunião que já estava agendada entre a comissão do governo e a categoria desde o último encontro com o grupo, para tratar dos principais assuntos da pauta do Sindicato.
Em acordo, ficou definido que a primeira reunião para discutir as pautas do Sindicato acontecerá no dia 11/06, com merendeiras e auxiliares de serviços gerais, para tratar da equiparação salarial, mantendo a data que havia sido agendada no último encontro; e a antecipação do segundo encontro para o dia 27/06,m, com auxiliares e agentes de creches para tratar da redução da carga horária. Esta última reunião foi antecipada em 14 dias para atender o pedido da categoria. Ficou estabelecido, em comum acordo, que as faltas do dia 23 serão abonadas com reposição das aulas.
Durante o encontro, o prefeito Paulo Dames ouviu todas as reivindicações do Sindicato e dos representantes das classes, disse que reconhece a importância das demandas e ressaltou que sempre está à disposição para o diálogo, de forma pacífica, porque acredita que esta é a melhor forma de encontrarmos a solução.
No último dia 23, a equipe de governo, representada pela secretária de Educação, secretário de Planejamento, secretário de Administração e o Procurador Geral do município receberam os representantes do Sepe, das merendeiras, auxiliares de creche e auxiliares de serviços gerais. Na ocasião, a pauta encaminhada previamente pelo Sepe foi discutida, assim como novas demandas das classes representadas. Naquele dia, a equipe de governo se comprometeu em estudar a questão da equiparação salarial, uma das pautas apresentadas. Um estudo relacionado ao assunto já se encontra em andamento. Outra reivindicação apontada pelos agentes e auxiliares de creche foi a redução da carga horária. Este assunto está sendo estudado pela equipe técnica da secretaria de Educação.
O governo municipal entende a importância dos servidores da educação, tanto que em abril de 2017, após um estudo de impacto financeiro, a Prefeitura concedeu um aumento para professores de 19,87% (categorias A e B)e 7,45% (categoria C). O aumento foi realizado após 3 anos sem reajuste.
Também participaram da reunião o presidente da Câmara de Vereadores, Rafael Jardim, e os demais vereadores: Bitó, Marquinho da Vaca Mecânica, Alex Neves, Ramon Gidalt, Dr. Adriano, Neném da Barbearia, Lelei da Marmoraria e Bruno Miranda, que puderam junto ao prefeito ouvir as reivindicações e decidir sobre o abondo das faltas do dia 23.