Cultura realiza ensaio fotográfico em comemoração ao Outubro Rosa
Casa de Cultura e Museu Casa de Casimiro servem de locação para modelos-pacientes mostrarem a beleza que tem a esperança no tratamento e na cura do câncer de mama e de colo de úter

Esse dia 5 de outubro vai ficar marcado na história de Casimiro de Abreu, e na memória de muitas mulheres, como o dia em que pacientes em tratamento de câncer de mama deixam de lado o medo da doença, se maquiam e posam para um ensaio fotográfico.

    Intitulada “O desabrochar para uma nova vida” e com uma rosa como ícone, as fotos tiradas pela enfermeira da Estratégia de Saúde da Família de Professor Souza e fotógrafa, Iara Machado, vão compor uma exposição. – Me deram a missão de fazer com que essas mulheres se sintam mais bonitas. Enviamos convites para todas as mulheres em tratamento e também para aquelas que já se trataram nos postos do município -, disse.

– O tratamento do câncer não termina, depois da quimioterapia e da mastectomia, as pacientes tem alta, mas são monitoradas pelos Postos de Saúde da Família no município. Elas fazem exames anualmente e são monitoradas ao longo da vida. Esse é o nosso trabalho! -, comentou a enfermeira da ESF de Rio Dourado, Glória de Oliveira Magalhães.

Segundo a coordenadora do Programa de Saúde da Mulher, Tamires Rosa, hoje, na cidade, existem cerca de 30 pacientes encaminhadas para fazer o tratamento de câncer de mama e 8 de câncer de útero no Estado, que é a referência para este tipo de tratamento. De acordo com a enfermeira, os municípios não têm essa especialidade, mas as médicas do PSF fazem o diagnóstico e encaminham para o tratamento.

– Todos os anos a secretaria municipal de saúde faz algum movimento e nunca teve um ensaio fotográfico para elas, pensamos em fazer algo diferente esse ano. Quisemos cuidar dessas pessoas, elevar a auto-estima dessas pacientes e fazer um dia agradável. Além do físico, o psicológico fica abalado, assim, quisemos mostrar o exemplo de quem já se curou para as que estão em tratamento, que há a chance de cura, que podem dar a volta por cima. Sempre há a esperança!  – setenciou.

   A exposição “O desabrochar para uma nova vida” será aberta ao público na Casa de Cultura Estação Casimiro de Abreu no dia 16 de outubro e permanece no espaço até o dia 20. E No Museu Casa de Casimiro de Abreu, em Barra de São João, fica dos dias 23 ao dia 27. Mais informações pelo telefone 2778-4915 ou 2774- 5293.