Curso de técnico de enfermagem começa em Casimiro de Abreu
A parceria visa trazer cursos em outras áreas para o município

Começaram as aulas do curso técnico de enfermagem em Casimiro de Abreu viabilizadas pela prefeitura, por meio da Secretaria de Trabalho e Renda, em parceria com o Centro de Formação

Técnica em Saúde (CEFTS), escola particular de Rio Bonito. Foram abertas no último sábado, dia 2, três turmas, sendo duas aos sábados durante todo o dia e uma às terças-feiras à noite. As aulas acontecem na Sala da Aprendizagem, na sede do município.

Com a proposta de viabilizar a capacitação de moradores, a Secretaria de Trabalho e Renda buscou parceria para oferecer o curso técnico dentro do município com um desconto de 30%.“Depois do sucesso na sede do município, vamos levar o curso para Barra de São João também abrindo mais duas turmas. Pretendemos trazer outros cursos técnicos para o município”, ressaltou a secretária de Trabalho e Renda, Rosimery Mangifeste.

O técnico de ar-condicionado automotivo, Auériton Castro, de 31 anos, busca ingressar na área da saúde e não perdeu tempo em começar nos estudos. “Ter a chance de me qualificar na minha cidade com um valor acessível foi um atrativo. Economizo tempo e dinheiro com alimentação e transporte”, destacou Auériton.   

Todo o estágio será feito no município, nas Unidades de Saúde (ESF), Centro de Atenção Psicossocial (CAPS) e no Hospital Municipal, por meio de uma parceria fechada com a Secretaria de Saúde. Os alunos terão que ir à sede da escola, na cidade de Rio Bonito, apenas para fazer avaliação, durante 8 dias divididos por todo o período do curso, que tem duração de 20 meses.

O secretário de Saúde, Ibson Júnior, ressalta a importância da qualificação, sobretudo da humanização para os profissionais na área da saúde, que é uma cobrança constante do Sistema Único de Saúde (SUS). A realização dos estágios aqui contribui para reforçar essa ideologia. “Esses estudantes poderão encontrar familiares e amigos como pacientes nos seus estágios, o que gera empatia e, consequentemente a humanização dos atendimentos. Buscamos isso diariamente com nossos profissionais”, relatou o secretário.